Comida Japonesa e Vinhos: Um Mar de Possibilidades

Busca

Categorias

Curiosidades 14 de Março de 2022

Comida Japonesa e Vinhos: Mergulhe Neste Mar de Possibilidades

Para melhor aproveitar este artigo, sugerimos saborear nosso tempurá de milho com azeite trufado e uma taça de espumante rosé enquanto lê.

Amantes do vinho, uni-vos! Para quem ainda acredita que vinho e comida japonesa não combinam, temos uma excelente notícia: a bebida dionisíaca não só pode, como deve ser harmonizada com os pratos da gastronomia oriental. Se dá pra aliar a paixão pelo vinho e pela culinária japonesa? A resposta é sim e o resultado, espetacular. Quer saber como? 

Um Casamento Cheio de Nuances

Tradicionalmente a culinária japonesa nunca foi associada a harmonizações com vinhos. Mas se esta combinação for cuidadosa e imaginativa, pode revelar boas surpresas ao paladar. A dupla pode interagir de duas formas: por contraposição ou harmonização. Nesta prima-se pela concordância, como vinhos do tipo pinot grigio servidos com camarões, em que os sabores intensos se completam, criando o verdadeiro match perfeito. Naquela, o vinho terá sabores que se opõem ao prato escolhido. Um exemplo é contrastar um vinho de alta acidez, como o cabernet sauvignon, às nuances levemente adocicadas de um temaki. 

A regra básica da harmonização de vinhos diz que sempre devemos tentar casar bebidas leves com pratos leves e bebidas mais fortes com pratos de personalidade. Com a comida japonesa  não é muito diferente. Ela é riquíssima também em nuances e sabores que vão desde os mais leves, como peixes brancos, até os mais intensos, como atum e o tão requisitado molho shoyu. Aprenda agora como combiná-los com o vinho adequado.

Combinação Inusitada? Talvez. Saborosa? Sem Dúvidas!

Agora que já te explicamos sobre os benefícios desta dupla, vamos ao que interessa: como degustá-los da forma mais prazerosa ao paladar.

Começando pelas entradas, se pedir um prato como ceviche escolha um espumante refrescante e levemente adocicado, como o Victoria Geisse Moscato. Agora, se sua escolha for o nosso shimeji, opte por um pinot noir de corpo médio, como o delicioso Leyda Pinot Noir Reserva.

Chegando ao menu de pratos principais, temos um dos mais pedidos: o yakissoba. Com este clássico a melhor opção é um intenso malbec. Nossa sugestão é o Escorihuela Familia Gascon, que cria um ponto de equilíbrio perfeito com o molho shoyu. 

Se você é um #salmãolover então escolha um leve chardonnay. Este tipo de vinho tem aroma frutado, retrogosto cítrico e intensifica o sabor umami deste peixe. O vinho Vistamar Brisa é uma excelente pedida para harmonizar com a sua Ohta Box.

Para os sushis, sashimis e uramakis com atum vá de carménère. Esse tinto tem sabor marcante e combina muito bem com este peixe de carne rosada. O italiano San Marzano Pumo Rosso tornará sua degustação um verdadeiro deleite. Pratos fritos como hot rolls ou tempurá são muito bem apreciados quando servidos junto a um espumante rosé. Nossa dica é o nacional Victoria Geisse.

A partir de agora é com você! Escolha qual de nossos pratos você deseja saborear, o vinho adequado e viva uma nova, e incrível, viagem gastronômica.